20/01/2017

Por que começar a viajar sozinha ?

Falar sobre viajar sozinha ou sobre mulheres que viajam sozinhas é uma tendência que cada vez mais se concretiza. Nunca antes se ouviu falar tanto sobre o assunto e isso muito tem incentivado algumas mulheres a sair da sua zona de conforto e se permitir vivenciar novas experiências.

Viajar sozinha pelo mundo
Esperando por um próximo destino ...

Mas afinal, por que começar a viajar sozinha? 


Isto também pode ser um tabu e uma ousadia. Esta pergunta surge com frequência em grupos que eu participo e me fizeram reviver os reais motivos pelos quais eu parti para esta experiência de vida, por esta forma de viver.

Viajo desde muito cedo. Após um curto intercâmbio na Inglaterra, em casa de família e com passeios acompanhados por amigos me aventurei pela primeira vez sozinha pelo mundo. Parti para a Alemanha, encontrar meu primo Gui, também viajante compulsivo como eu. Enquanto o Gui tinha aulas, eu seguia para explorar alguma cidade próxima à Aachen, em esquema bate-e-volta. Assim, conheci Bonn, Heidelberg e Colônia. Tinha 18 anos e, acreditem, não faz muito tempo que percebi que, sim, aquelas eram formas de viagens solo.
Pois bem. Anos se passaram e com eles outra experiência de vivência internacional, desta vez na Califórnia. Durou pouco mais de um ano e, em geral, eu estava acompanhada nas aventuras por lá.

Daí e como muitas coisas na vida, surgem os tais estalos e de repente a gente se dá conta de algo. Eu já tinha me formado na faculdade, já trabalhava e tinha uma rotina comum, pode-se dizer assim. Mas tinha algo muito importante que precisa ser considerado no meu caso. Eu sabia quem era a minha melhor companhia. E gostava cada vez mais dela.
Em 2008, parti para Nova York sozinha. Escolhi este destino por ser total cosmopolita. Um lugar com muito para se fazer, com muita gente ao redor e com todas as suas facilidades de transporte e tal. Estes foram os pontos principais da minha decisão. No fim, acabei ficando sozinha só por dois dias, pois uma amiga foi ao meu encontro. Foi ótimo, mas a experiência solo foi interrompida.

De novo, anos se passaram e com eles outras experiências. O divisor de águas para a minha real experiência sozinha foi o México: Playa del Carmen, 2012. Que viagem incrível! 

Viajar sozinha pelo mundo
Sozinha no México ou... com Jack Kerouac e seu 'On the Road'


Viajei sozinha não para fugir ou para me recompor de alguma dor, nem para comemorar alguma conquista. Quer dizer, de certa forma foi uma comemoração, mas não vi daquela forma na época. Viajei sozinha para me dar a oportunidade de experimentar novas sensações. Cada dia era diferente e cada dia aprendia ou compreendia novas coisas sobre mim. Fiz muita coisa legal por lá, conheci pessoas por um só dia, conversei bastante e tive vários momentos em silêncio também. Foi enriquecedor.
E desde então, a barreira foi ultrapassada. Viajo sozinha porque quero e porque gosto. Não viajo sempre sozinha ou sempre de mala ou mochila. Não deixo de viajar para tal lugar por falta de companhia, afinal, nem sempre conseguimos conciliar tempo, investimento e vontades com os das nossas companhias. E, muitas vezes, quero, sim, viajar sozinha. Todas as experiências são válidas!
E se viajar sozinha for o seu desejo, mas você ainda não tem coragem, deixo algumas dicas:

. Comece ‘viajando’ pela sua cidade. No seu tempo, você irá conhecer melhor o seu perfil de viajante e perder o medo inicial que geralmente existe; 

. Participe sozinha em atividades de grupo, como tours guiados ou pequenas excursões;

. Converse com pessoas que viajam sozinhas; 

. Participe de grupos sobre o assunto. Recomendo o Viajar Sozinha – Dicas de Viagem, no Facebook.

. Permita-se !


Para quem já viaja só, qual foi o motivo que te levou a se aventurar desta forma? Tem algum destino especial que te marcou? Em algum ponto ou sentimento, sempre tem alguém que se identifique... Compartilha com a gente! 


-----------------------------------------------------------------------------------------------

Mantenha-se atualizado! Siga o DEVANEIOS no Facebook e no Instagram ! 

Precisa de hotel em qualquer lugar? Acesse o Booking e faça a sua reserva com cancelamento grátis !

Precisando alugar um carro? A RentCars te ajuda a comparar valores e optar pela melhor opção. 
Pague em Reais em até 12x e sem incidência de IOF.

25 comentários:

  1. Olá, muito bacana o texto. É isto aí, não é porque e mulher que tem que ficar em casa né!? Tbém comecei a viajar sozinha bem cedo mas depois acabei encontrando companhia. Mas não deixo de viajar sozinha quando preciso.
    Abs, Marlise

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo! O importante é não deixar de viajar! ;)

      Excluir
  2. Muito bom o post, isto é o mais legal em se viajar, para cada tipo de viagem se tem uma experiência diferente. Seja em família, em casal ou sozinho, o importante é viajar!

    ResponderExcluir
  3. Eu admiro MUITO quem viaja sozinho (homens ou mulheres) porque eu acho que não gostaria. Embora AME minha companhia e faça muitas coisas sozinha e goste de estar sola, viajando eu preciso ter à mão alguém para compartilhar o que vi e vivi. Minha melhor companhia de viagem é meu marido, pq respeitamos o tempo um do outro. Quando ele corre maratonas, eu fico 4 horas perambulando sozinha pela cidade. Quando entramos em um museu, cada um vai em busca de seus interesses. Quando uma atração não interessa ao outro, um entra o outro espera fazendo outra coisa... mas ao final de tudo isso, nos encontramos e compartilhamos. Entretanto, conheço muitas pessoas que não tem companhia para viajar e tem medo de viajarem sozinhas. Ai, não viajam. Seu texto é fundamental para que outras pessoas criem coragem e vão. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas as viagens podem ter pros e contras, não é mesmo?
      Fico feliz que você não deixe de curtir, mesmo quando o seu marido está envolvido com as corridas!
      Existem, sim, momentos em que gostaríamos de estar com alguém nas viagens solo, mas faz parte da experiencia saber administrar isso. E a tecnologia também ajuda hoje em dia! ;)
      Bjs

      Excluir
  4. Ótima reflexão Gabi! Quando eu era solteira e viajava sozinha muita gente ficava surpresa, outras achavam um absurdo... Talvez se eu fosse homem as reações seriam diferentes...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Possivelmente nem falariam sobre isso, né!?

      Excluir
  5. Viajar sozinha é renovador! É descoberta! É apaixonante! Eu sempre incentivo e tento alimentar nas amigas e seguidoras que nunca passaram por isso! E o retorno que recebo é gratificante ! Texto maravilhoso!

    ResponderExcluir
  6. É isso aí. Viajar é o que importa. As experiências são enormes e com certeza aprendemos muito mais quando visitamos uma cidade, que muitos livros de história possa ensinar. Sucesso.

    ResponderExcluir
  7. Viajar sozinha deve ser uma experiência bem interessante! Ainda não tive a oportunidade, mas sem dúvida também me aventuraria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se precisar, você irá criar a oportunidade! ;)

      Excluir
  8. Orgulhoso em saber que presenciei as tuas primeiras viagens e experiências solo! Foi naquela época que me apaixonei em viajar e que ganhei essa parceira de viagem! De lá para cá muitas aventuras solo e acompanhado! Afinal, o que importa é viajar e conhecer lugares e culturas diferentes!

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seguimos juntos e cada vez mais adeptos, né?!

      Super beijo

      Excluir
  9. Gabi, ótimo post!

    Eu, antes de casar, quase nunca tinha companhia para viajar. Achei que era impeditivo até a terceira recusa, depois eu vi que não precisava de ninguém para viajar comigo - eu mesma era uma companhia muito boa!

    As pessoas nunca devem achar que devem deixar de fazer algo porque estão sozinhas. E nisso se inclui viajar também!

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dani!

      Acho que o mais imoportante é isso; saber que você é a sua melhor companhia, independente de onde você esteja.

      bj

      Excluir
  10. Excelente texto! Obrigada por divulgar nosso grupo :) beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Dê! O Grupo é muito inspirador!
      Bjs

      Excluir
  11. Viajar sozinha é uma delícia! Eu gosto muito de ditar meu próprio ritmo de exploração do destino, de fazer exatamente o que eu quero e de curtir a minha própria companhia! Recomendo muito!

    Abraço, excelente texto :)

    ResponderExcluir
  12. Oxe, não creio que ainda não tinha comentado nesse seu post que eu achei ótimo!!! Eu nem lembro mais como/porque viajei sozinha pela 1a vez. Mas é viciante!!! Ainda quero muitas e muitas viagens sozinha.

    ResponderExcluir
  13. Quantas viagens solo lindas! Tive algumas experiências viajando sozinha quando tinha meus 19 anos, mas depois passei a viajar com o meu grande companheiro de viagem.
    É muito bom viajar sozinha! Parabéns pelas belas viagens ;)
    Obs: Cuba está na lista dos sonhos

    ResponderExcluir
  14. Viajar sozinha. Um tema que esta bem em alta nos últimos tempos. Eu nunca viajei sozinha, nem para o litoral sabe, morro de medo!!!

    ResponderExcluir

Comentários são sempre bem-vindos!

Agradeço a visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...