10/11/2016

BH - A Lagoa da Pampulha e seu Complexo Arquitetônico


Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH


Oh, Minas Gerais! Como se canta na música de Tonico e Tinoco, ‘quem te conhece não esquece jamais’. Minas encanta nas suas cores e nos seus sabores. Foi quase amor à primeira vista! Já tinha passado por Belo Horizonte (BH) em outras ocasiões mais rapidamente. Conheci o Mercado Municipal, passei pela Praça da Liberdade e, desta vez, conheci um pouco melhor de outro símbolo, a Lagoa da Pampulha e seu Complexo Arquitetônico, com obras assinadas por Oscar Niemayer.

. O Complexo Arquitetônico da Pampulha

Embora fique um pouco afastada do centro de Belo Horizonte, a Lagoa da Pampulha é um local certo e indispensável para ser incluído no seu roteiro de viagem. Além de ser um lugar lindo, reúne lazer, cultura e esporte em uma extensão de 18 quilômetros.

Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH
Capivara e os estádios Mineirão e Mineirinho ao fundo


Na década de 40, surgiram ideias para a expansão e desenvolvimento de Belo Horizonte para as áreas mais afastadas. Juscelino Kubitchek (JK), na época prefeito, encomendou o projeto que consistiria no lago artificial, adornado com edificações. Assim nasceu o Conjunto ou Complexo Arquitetônico da Pampulha, legado de JK, do arquiteto Oscar Niemeyer, do paisagista Burle Marx, do pintor Portinari e de escultores como Ceschiatti, Zamoisk e José Pedrosa.

Ícones de Belo Horizonte e da arquitetura moderna do Brasil, tive o prazer de conseguir visitar, quase todos, em minha última visita à capital mineira como detalho a seguir.


MAP – Museu de Arte da Pampulha (antigo Cassino)

Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH


Foi o primeiro prédio a ser construído e onde funcionou o Cassino da Pampulha naquela época. Em 1946 o jogo foi proibido no Brasil e o prédio abandonado. Foi somente em 1957 que o espaço passou a sediar o Museu de Arte, tendo obras da arte contemporânea como destaque no seu acervo.

Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH
Saguão principal com destaque para as rampas em mármore e colunas em aço inox (col. esq) e o auditório visto de fora e pelo seu interior (col. dir)


Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH
Paisagismo de Burle Marx em frente ao Museu


Endereço: Av. Dr Otacílio Negrão Lima, 16585 - Pampulha
Visitação: acesso gratuito e adaptados para portadores de necessidades especiais. Funciona de terça à domingo, das 9h às 18h30.


Iate Tênis Club

Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH
Telhado bem ousado este, de Oscar!


Dos jardins do Museu, enxergamos o Iate Tênis Clube na margem oposta da Lagoa e podemos observar o formato de ‘casa-barco se lançando nas águas tranquilas da Pampulha’. O prédio foi construído para ser um clube público, porém a venda para a inciativa privada acarretou na construção de anexos que descaracterizaram a obra original de Niemeyer. Estas alterações precisarão ser removidas para atender à recomendação da Unesco quando avaliou a candidatura do Complexo a Patrimônio Histórico da Humanidade. 

O Iate Tênis Clube continua sendo um tradicional clube de Belo Horizonte, onde acontecem muitas das grandes festas realizadas na capital mineira.

Endereço: Av. Dr Otacílio Negrão Lima, 1350 - Pampulha


Igreja São Francisco de Assis

Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH
Painel de Portinari em azulejos


A Igrejinha da Pampulha, como é conhecida popularmente, é o símbolo maior do Complexo da Pampulha. Também é a obra que causou bastante impacto na sociedade e reprovação da Cúria Metropolitana da época, devido ao seu formato nada convencional e à imagem de um cachorro ao invés de um lobo junto à São Francisco de Assis no painel de Portinari que se encontra no altar. A celebração de cultos ficou proibida por mais de dez anos.

Em seu interior côncavo e compacto, quadros de Portinari retratam a Via Sacra e painéis em azulejos pintados com azul contrastam com a madeira do teto. Fico feliz em ter conseguido conhecer mais esta obra do arquiteto que tanto me encanta.

Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH


Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH
Amostras em detalhe do trabalho de Portinari


As linhas curvas de Niemeyer, os azulejos e pastilhas azuis que revestem a Igreja e as pinturas de Portinari chamam a atenção de todos. É um destaque na paisagem à beira da Lagoa da Pampulha e ponto de encontro de todos que por ali circulam. 

Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH
"Pampulha foi o início de nova Capital
a mesma correria, o mesmo entusiuasmo"
(Oscar Niemeyer)

Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH

Detalhes das curvas da Igrejinha da Pampulha e da torre que avista a Lagoa.
Nas laterais, trabalho abstrato de Paulo Weneck

Esta que vos escreve, como obra de Portinari !


Endereço: Av. Dr Otacílio Negrão Lima, 3000 - Pampulha
Visitação: Terça à Sábado, das 9h às 17h e domingo das 11h às 14h
Valor: contribuição simbólica de R$ 3,00 e R$ 2,00 (crianças, estudantes e idosos)
Acesso pela lateral, onde há uma loja de produtos religiosos e lembranças de Belo Horizonte.


Casa de Baile

Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH
Só te vi assim... de longe


A construção da Casa de Baile se destaca por estar sobre uma ilha artificial, ligada à orla por uma pequena ponte de concreto. Foi concebida para ser espaço de lazer e sediar glamorosos bailes e festas da alta sociedade na década de 40. O salão em formato circular e sem quinas foi pensado justamente a proporcionar melhor espaço para as danças.

Característica das criações de Niemeyer a marquise curva abrigava mesas e cadeiras para que os frequentadores pudessem admirar as curvas da Lagoa, o paisagismo de Burle Marx e o lago interno.

O fechamento do Cassino (atual Museu), também culminou no encerramento das atividades na Casa de Baile. A reabertura ocorreu em 2002 após grande reforma e, até hoje, abriga um Centro de Referência em Arquitetura, Urbanismo e Design.

Não consegui visitar a casa de Baile, por isso, indico o relato da Gê Azevedo que mostra fotos mais detalhadas, inclusive do seu interior.

Endereço: Av. Otacílio Negrão de Lima, 751 - Pampulha
Visitação: terças, quartas e de sexta a domingo – das 9h às 18h – quintas até às 21h
                

Pampulha como Patrimônio Histórico Mundial

Em julho de 2016, o Conjunto da Pampulha foi incluído na lista de Patrimônios Históricos Mundiais da UNESCO. Segundo eles, a relação entre os quatro edifícios apresentados acima, o espelho d’água da Lagoa da Pampulha e o paisagismo trabalhado em sua orla representam um marco da arquitetura mundial e da história das Américas.

Lagoa da Pampulha Belo Horizonte BH
Rabisco de Niemeyer encontrado nas paredes da lojinha da Igreja


Circulando pela Lagoa da Pampulha

A melhor forma de circular pela Lagoa da Pampulha é de carro. É possível chegar até lá de ônibus, porém as distâncias entre as atrações são bastante grandes.

Há pouco e em comemoração ao título, foi disponibilizado um ônibus turístico (jardineira retrô) que circula entre os principais pontos turísticos e ainda está em teste.  As saídas acontecem da Igrejinha da Pampulha de hora em hora, das 9h às 12h e das 14h às 17h, aos sábados, domingos e feriados. 

Quer saber como chegar na Lagoa da Pampulha ? Dá uma olhada nas dicas do Riq Freire.



Destaque dos quatro edifícios que compõem o Conjunto da Pampulha, como Patrimônio da Humanidade e o Estádio de Futebol do Mineirão, que podemos ver da Lagoa.


* * *

Em uma das programações do Encontro de Blogueiros de Viagem em BH, saímos para passear pela Lagoa da Pampulha, com apoio da Belotur e condução da querida Neuma Horta, que nos enriqueceu com as histórias locais. Este passeio faz parte da sugestão para um Roteiro Cultural em Belo Horizonte, juntamente com o conjunto de museus e atrações localizados na Praça da Liberdade.


+  Minas Gerais no Devaneios :



#DevaneiosemMinas #DevaneiosemBH #EncontroBH2016
Use essa # e veja mais fotos no Instagram

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Siga o DEVANEIOS no Facebook e no Instagram !

* * *

Precisa de  hotel em qualquer lugar? Acesse o Booking e faça a sua reserva !

Booking.com
O Devaneios é afiliado do site. Você não paga nada a mais por isso, mas contribui com o blog!

30 comentários:

  1. Ainda não conheço! Obrigada pelas informações! TOP

    ResponderExcluir
  2. Amei o testo Gabi! Você é sempre bem vinda na nossa BH! =)

    ResponderExcluir
  3. Oi, Gabi!!!
    Muito obrigada por citar a gente!
    Adorei seu post! Não acredito que conseguiu uma foto da capivara! ����
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Obrigada por divulgar a Casa de Baile!
      Capivara praticamente posando para a foto! ;)
      bjs

      Excluir
  4. Ai gente, que lindeza! Viva as Minas Gerais e seu novo patrimônio da humanidade. Abraço

    ResponderExcluir
  5. Acabamos de voltar de BH e sempre volto amando mais a Pampulha (mas meu cantinho preferido ainda é a casa kubitschek) ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não consegui visitar a casa também... viu? Preciso voltar, kkk

      Excluir
  6. Ai, Minas! Adorei conhecer BH e seus encantos. Essa região da Pampulha é tão rica ;)
    Saudades de lá!

    ResponderExcluir
  7. Adorei o post!!! Preciso voltar pra BH!!! Fui quando era criança e não me lembro de muita coisa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A essência está lá, mas é sempre bom voltar para BH! ;)

      Excluir
  8. Ainda não conheço BH e adorei as dicas e fotos. Mas confesso que o que me faz ter mais vontade de ir pra lá são as comidinhas do Mercado Municipal! hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não resisto ao Mercado Municipal. É a minha parada obrigatória!

      Excluir
  9. Conheci Belo Horizonte no Encontro de Blogueiros da RBBV e me apaixonei. A cidade é linda e as pessoas muito agradáveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É fácil de voltar encantada de lá! Compartilho este sentimento! ;)

      Excluir
  10. Como eu preciso conhecer BH! Aiai.
    Adorei a dica e as curiosidades do Niemeyer ....

    ResponderExcluir
  11. Acho incrível a Igrejinha da Pampulha! Tenho muita vontade de conhecer, o interior também é lindo e tão incomum quanto a fachada. Estou adorando essa série de postagens de BH, só me faz ter mais vontade ainda de conhecer.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paula! Não só BH, como Minas em geral é um destino incrível.
      Recomendo muito! bj

      Excluir
  12. Minas é demais mesmo, como não amar? Fui pra BH quando era mais nova e não lembro de muita coisa que eu vi na cidade. Certamente preciso voltar e ir conhecer melhor tudo isso, principalmente a pampulha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom retornar e ver tudo com um novo olhar!
      Vá em frente! ;)

      Excluir
  13. Ai realmente só amor, BH é sensacional, já tô morrendo de saudade louco pra voltar.
    Ótima postagem, ótimas dicas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Matheus! Também tenho vontade de voltar! ;)

      Excluir
  14. Nas minhas idas a BH acabei deixando de fora esse passeio incrível! Bom, pelo menos tenho um excelente motivo para voltar :) excelente post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Camilla! Também deixei para a minha segunda visita e ainda faltaram algumas atrações interessantes. Temos que voltar mesmo! ;)

      Excluir
  15. Post muito bem escrito e com ótimas dicas! Fui para o encontro mas tive que voltar mais cedo, assim já pego dicas pra quando voltar a BH. :)

    ResponderExcluir
  16. Justo o que eu procurava sobre clinica estetica pampulha. Muito obrigada!

    ResponderExcluir

Comentários são sempre bem-vindos!

Agradeço a visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...