24/08/2017

Rotterdam: uma Holanda diferente – roteiro de um dia ou mais


Dicas de roteiro por Rotterdam: Erasmusbrug


Rotterdam está além do seu porto, das casas cubo e do seu incrível mercado. Rotterdam é uma Holanda diferente e muito menos divulgada ao turismo do que Amsterdam ou outras atrações da Holanda, como o magnífico parque de tulipas Keukenhof ou os originais moinhos de Kinderdjik. Mesmo assim, mostro, pelo menos 5 motivos que podem fazer você considerar incluir Rotterdam no seu roteiro, seja de um dia ou mais.

Se Amsterdam atrai pelas suas casas tortas e peculiares, Rotterdam te dará um choque de arquitetura. O tradicional e esperado migra rapidamente ao moderno, inovador e não menos interessante. Aliado a isso, a existência de poucas construções que sobreviveram aos bombardeios da Segunda Guerra marcam o participação de Rotterdam nos fatos históricos. E tem muito mais...


Mas afinal, por que incluir Rotterdam no roteiro para a Holanda ?

Rotterdam foi reconstruída após sofrer as consequências dos bombardeios da Segunda Guerra Mundial por volta do ano de 1940. Este fato marcante trouxe à segunda maior cidade holandesa a sua posição de destaque na arquitetura moderna e ousada. É uma cidade vibrante e multi-cultural. Perca-se pelas ruas, navegue em suas águas e conheça às suas muitas caras. Explore Rotterdam e saiba por que ela pode, sim, ser uma opção no seu roteiro pela Holanda.

Dicas de roteiro por Rotterdam - arquitetura moderna
Imensas modernas construções com mais de cem metros de altura


1. É mais barato se hospedar em Rotterdam do que em Amsterdam, mas nada os impede de incluir as suas principais atrações em um passeio bate e volta também. Vai de acordo com o seu roteiro e interesse.

Fazendo uma pesquisa rápida no Booking e considerando mesmas redes de hotel e hostel (IBIS e Rede Stayokay, como exemplo) e em um mesmo período de três pernoites: enquanto paga-se 874,00 no total em Roterdã, paga-se em média 450,00 na diária em Amsterdam, isso no Ibis.
Já em albergue, considerando quarto compartilhado de 06 a 08 camas ou quarto privativo, em Rotterdam, a economia é de quase 50%.

2. Rotterdam é ponto de baldeação para outros destinos: se você deseja conhecer outras cidades na Holanda, escolher Rotterdam como base pode encurtar e baratear as suas viagens.

Se o desejo e viajar de trem por dentro do país, pra que perder tempo com deslocamentos? 



Rotterdam, Utrecht ou Dordrecht são os pontos de partida para quem deseja chegar até os moinhos com transporte público. De Rotterdam, ainda é possível de ferry – Waterbus e admirar a cidade através de suas águas

4. Rotterdam é uma Holanda diferente

Desembarque em Rotterdam que você já perceberá a diferença. Devido à sua história, a cidade apresenta atmosfera bem mais moderna e contemporânea do que qualquer outra na Holanda. 

5. Rotterdam te leva até a Antuérpia, na Bélgica

Em um esquema bate-e-volta, é possível de se incluir mais um país no seu roteiro. Passe um dia na Antuérpia e encante-se com o que a cidade tem a oferecer, além de waffles, chocolates e cerveja! 



O que ver e visitar em Rotterdam

Apesar de encontrar muita opinião divergente sobre ir ou não até Rotterdam, me surpreendi positivamente com o que encontrei por lá. É um mix de moderno com pitadas históricas em um cenário bem mais de ‘cidade grande’ se comparamos com outros lugares na Holanda. Pelo menos dos que eu visitei. Os canais de Amsterdam ou Utrecht são substituídos por largas avenidas e o rio Amstel dá lugar ao Rio Mosa (ou Maas), cujas águas formam o canal de navegação do principal porto da Europa e pelo qual se passa para ir até os moinhos de Kinderdjik de ferry boat.

A maioria das atrações de Rotterdam está na sua região central. Conheça os principais pontos turísticos de Rotterdam e saiba o que mais se pode encontrar por lá.

- Estação Central - Centraal: uma das estações mais importantes e movimentada da Holanda, foi totalmente reconstruída e modernizada em 2014 e conecta o país com destinos como Paris, Madri, Londres e Bruxelas. Internamente pode ser uma estação de trem comum, mas sua fachada merece admiração. No saguão principal, você pode obter seu mapa grátis e outras informações no centro de visitantes e ao sair, não deixe de olhar ao redor e ter o seu primeiro choque de arquitetura.

Dicas de roteiro por Rotterdam - Centraal


- Casas cúbicas – Kijk-Kubus: desenhado pelo arquiteto holandês Piet Blom, as casas cúbicas dão ideia de árvores abstratas em meio ao complexo que envolve a estação de metrô Blaak. Espaço onde comercial e residencial dividem a mesma construção. Também é uma ponte cruzando a avenida e vale entrar e dar uma olhada na interessante estrutura de graça! Ali está o Hostel Stayokay, caso queiram ter uma experiência diferente de acomodação e há um museu em um dos cubos, aberto todos os dias – das 11 às 17h entrada de baixo custo (£2,50 adultos / 2017). Além disso, é uma região com muitos bares – região de Oudehaven e mirante para a Casa Branca (Witte Huis - 1898), que já foi o edifício mais alto da Europa, com 43 metros, sobreviveu ao bombardeio da Segunda Guerra e está na lista de patrimônios da Unesco.

Dicas de roteiro por Rotterdam - casas cubo
Casas Cubos por todos os seus lados e interior

Dicas de roteiro por Rotterdam - Oudehaven e Witte Huis
Zona boêmia de Oudehaven e a Casa Branca de Rotterdam


- Mercado Municipal – Markthal: construído em formato de ferradura, vale muito a visita. O seu teto é revestido por um enorme painel colorido com flores e frutas. Além de bancas de queijos, flores e comidas, o prédio também é residencial, o que gera mais curiosidade ao visitante. Fica ao lado das casas cúbicas – estação de metrô: Blaak.

Dicas de roteiro por Rotterdam - Markthal e Blaak
Estrutura da Estação Blaak e o incrível Mercado - Markthal


- Ponte Erasmus: são 139 metros de altura e 802 metros de comprimento que ligam o norte ao sul de Rotterdam e á suspensa por cabos de aço. A construção realmente impressiona tamanha grandeza. Na sua parte sul, há uma ponte basculante para dar passagem aos navios maiores. Ficou pronta em 1996 e custou 75 milhões de Euros. 

Dicas de roteiro por Rotterdam - Erasmusbrug
Erasmusbrug vista do outro lado do Rio Mass

- Rua Witte de Withstraat: rua boêmia e criativa onde fiquei hospedada, também é conhecida como Centro de Arte Contemporânea. Há várias opções de cafés, restaurantes, bares e boates na região! Fica bem agitada e barulhenta ao passar das horas e é frequentada por locais. 


Dicas de roteiro por Rotterdam - Witte de Withstraat
Witte de With ainda calma



- Hotel New York: excelente opção para o final de tarde ou um almoço com uma bela vista e atmosfera. Foi um dos lugares que eu mais gostei em Rotterdam. Localizado no Wilhelmina Pier, a construção representa o local por onde dezenas de emigrantes partiram da América em busca de uma nova vida no período de 1873 até 1971 e onde foi sede da Holland America Line. Em meio a outro bairro peculiar de Rotterdam, bastante comercial, o Hotel New York tem vista para o Rio Mass e também é opção de acomodação na cidade. O bar ao ar livre é uma delícia e reúne muita gente bonita! Vá de metrô – estação Wilhelminaplein.

Dicas de roteiro por Rotterdam - Hotel New York
Hotel NY em meio aos arranha-céus: bela surpresa!

- Euromast Tower: eu, que adoro ver as cidades do alto, não consegui chegar a tempo de subir nesta torre de 186 metros e ter uma vista de 360 graus da cidade. Sobe-se até o mirante através de um elevador rotatório de vidro, chamado de Euroscoop e quem se interessar ainda pode investir um bom dinheiro em um jantar especial ou pernoite nas alturas. A torre funciona 365 dias por ano, abre por volta das 10h da manhã e chega-se até ela de tram (linha 8), o trem de superfície.

Dicas de roteiro por Rotterdam - Euromast e Het Park
Euromast vista do belo Het Park

- Delfshaven: um dos únicos bairros de Roterdã que foram poupados dos bombardeios da Segunda Guerra. Curiosa e com tempo, fui até lá de tram e o que encontrei foi um bairro bastante residencial e tranquilo. A área propõe que se caminhe pelo canal e passeie pelas ruelas próximas, curta a atmosfera em seus vários bares e restaurantes e observe suas construções históricas e barcos de madeira. Aos cervejeiros de plantão, que tal conhecer a De Pelgrim? É uma das dicas da região e passeio de gente que mora em Roterdã, não muito comum a turistas!

Dicas de roteiro por Rotterdam - Delfshaven
Holanda histórica no bairro de Delfshaven com seu moinho

- Museumpark: é uma região bem extensa e onde está o Boijmans van Beuningen, um dos museus mais antigos da Holanda, que expõe pinturas, esculturas e objetos, principalmente, holandeses e europeus da idade média até o século XXI, incluindo obras de Van Bosch, Rembrandt, Van Gogh  e Dalí. Abre de terças a domingos, das 11h às 17h.

Dicas de roteiro por Rotterdam - Museumpark
Partes do Museumpark

Outras opções famosas são o Museu Marítimo da Holanda, o museu de artes Kunsthal,

O que fazer em um dia em Rotterdam

As atrações são bem próximas umas das outras ou são facilmente alcançadas de tram ou metrô, basta você selecionar as de seu interesse e se deixar levar por Rotterdam. Porém, existem city tours e excursões de um dia disponíveis aos turistas:

- Rotterdam Welcome Card: disponível para um, dois ou três dias, custa no máximo 20 Euros e oferece viagens ilimitadas no transporte público (tram, trem ou ônibus) e 25% de desconto em museus, restaurantes e outros pontos de interesse. Vale avaliar!  

- Spido: uma das atrações mais procuradas, é um tour aquático com duração de 75 minutos e oferece ao participante uma visão do imenso porto de Rotterdam, além de passar por outros pontos turísticos como o Hotel New York e a Euromast.

- Ônibus Hop Off Hop On – city sightseeing: velho conhecido dos turistas, o Ônibus vermelho de dois andares passa pelos principais pontos de Rotterdam. O ingresso é válido por 24 horas a contar da compra e pode-se iniciar o tour de qualquer uma de suas paradas. Não funciona todos os dias, por isso é bom verificar a programação no site oficial. Na minha opinião, você consegue visitar as principais atrações por conta! 

- Splashtours: uma forma diferente de conhecer a cidade. Embarque em um ônibus anfíbio por 60 minutos e passe pelas principais atrações de Rotterdam, seja por terra ou água.


Clique sobre os ícones para localizar os principais pontos de interesse em Rotterdam:


Se Rotterdam é um destino imperdível para se visitar; deixo para você responder. O fato é que a cidade é completa: tem opções que vão do clássico ao super moderno, tem compras, arte e bastante movimento. E se você procura uma cidade ‘urbana’ na Holanda; essa é a sua pedida!

Dicas de roteiro por Rotterdam - Het Park
Het Park - últimos momentos em Rotterdam

+ Holanda no Devaneios...

#DevaneiosnaHolanda
Use esta # e veja mais fotos no Instagram
-----------------------------------------------------------------------------------------------

Mantenha-se atualizado! Siga o DEVANEIOS no Facebook e no Instagram !

Precisa de hotel em qualquer lugar? Acesse o Booking e faça a sua reserva com cancelamento grátis !

Precisando alugar um carro? A RentCars te ajuda a comparar valores e optar pela melhor opção. 
Pague em Reais em até 12x e sem incidência de IOF.

19 comentários:

  1. A cidade holandesa foi capital europeia da cultura em 2001, no mesmo ano que o Porto, e as duas cidades fizeram parcerias bem interessantes. A arquitectura foi o mais destacado nesse ano fantástico. Uma pena que ainda não conheço.
    Excelente post
    Abraço
    Ruthia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ruthia! Gostei muito mesmo de ter ficado por lá mais tempo.

      Excluir
  2. Muito bom o post! parabéns!
    Roterdã é pouco falada em termos de turismo, porém este artigo mostra que tem muito pra se ver e fazer na cidade, principalmente em termos arquitetura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A arquitetura é um dos seus principais atrativos de Rotterdam mesmo.
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Uma cidade extremamente bela... e com vária arquitetura de referência. Tenho muita vontade de voltar. Parabéns pelo post, gostei muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Torço que você a conheça algum dia!

      Excluir
  4. Que fantástica deve ser essa cidade. Já fui duas vezes a Amsterdam, mas não conheci... Obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inclua Rotterdam, quem sabe, em um próximo roteiro pela Holanda! ;)

      Excluir
  5. Depois dessa: preciso voltar para a Holanda! Na próxima, fico em Rotterdam e não Amsterdam hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha vontade de voltar para a Holanda é constante, hehe

      Excluir
  6. um dos lugares que mais me chama atencao em Roterdam sao as casas cubos, acho demais!!

    ResponderExcluir
  7. Que cidade fantástica, tem que estar na lista sem dúvida, quero voltar logo à Holanda e conhecer Rotterdam.

    ResponderExcluir
  8. Adorei esse roteiro enxuto porque tenho planos de incluir Rotterdam em uma próxima ida a Holanda em poucos dias.

    ResponderExcluir
  9. Oi Gabi, nunca imaginamos na Holanda uma cidade com tamanha modernidade quando pensamos viajar pela Holanda, né? Sempre somos bombardeados por posts sobre flor, queijo e amsterdam :P Muito bom post! Edson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! É essa a sensação quando chegamos a Rotterdam!
      Obrigada, Edson!

      Excluir
  10. Meu sonho é ver as casas cubo de Piet Blom. O roteiro que você montou está perfeito, e com o mapa pra ajudar...melhor ainda! <3 Adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elas são mesmo impressionantes!
      Que este seu sonho se realize!

      Excluir

Comentários são sempre bem-vindos!

Agradeço a visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...